Alepi “devolve” mandato a deputados cassados pela ditadura

0

deputadosNa manhã desta terça-feira (29) a Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), devolveu de forma simbólica o mandato de deputados cassados na época da ditadura militar. A proposição da sessão especial foi o deputado Fábio Novo (PT), que convidou ex-deputados e familiares.

Entiveram na sessão nomes como Pedro Mendes Ribeiro, que representou o ex-deputado Deusdeth Mendes Ribeiro, Luís Henrique Carvalho, representando o ex-deputado Ubiratan Carvalho, e Celso Barros, deputado que foi cassado após um discurso em 1964.

Para o deputado Fábio Novo, o ato é uma forma de dizer para os ex-deputados cassados que a assembleia não concorda com o que foi feito, e a devolução simbólica dos mandatos é o melhor recado para demonstrar esse sentimento da casa.

“O que a assembleia diz hoje é que nós somos a favor da democracia, que as pessoas tem o direito de ir e vir, que as pessoas tem o direito de se manifestar livremente. Nós não podemos 50 anos depois reparar o erro e o prejuízo que essas pessoas sofreram por defender a liberdade de expressão, o estado de direito e a democracia. Mas nós podemos fazer isso, estamos devolvendo seus mandatos, de forma simbólica, para saberem que nós não concordamos com aquela injustiça, com aquele ato de atrocidade cometido pelo golpe de 64”, explicou o deputado.

Após o golpe militar de 1964, um ofício do presidente ordenou a cassação do mandato de vários deputados da casa. Representando um dos cassados da época estava o procurador Luís Henrique Carvalho (PROS), que é sobrinho do ex-deputado Ubiratan Carvalho, irmão de Ubiraci Carvalho, morto no início do mês de abril. Luís agradeceu Fábio Novo pelo ato e falou um pouco da história do tio parlamentar.

“Ele foi fundador do PDT, grande trabalhista, amigo do Leonel Brizola. Foi uma iniciativa do deputado Fábio Novo, a quem eu queria agradecer muito”, disse Luís, que já pretende seguir a veia política da família sendo candidato este ano a deputado estadual.

Com informações de Capitalteresina

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.