Após polêmica, igreja de Esperantina é tombada e vira patrimônio do Piauí

1

O governador Wellington Dias (PT), por meio de decreto publicado no Diário Oficial no dia 20 de abril, determinou o tombamento da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Boa Esperança, em Esperantina (PI). A medida visa preservar o painel batizado de “O Calvário de Cristo Hoje” e todo o seu entorno. 

Com o decreto, o painel e toda a igreja passam a integrar o Patrimônio Histórico, Artístico e Paisagístico do Piauí. Com isso, passa a ser protegido pela lei 4.515, de 1992, que trata da proteção do patrimônio cultural do estado. Caso alguma intervenção seja realizada no local sem autorização prévia do Estado, os proprietários poderão ser alvo de multa e terem a obra embargada. 

A decisão leva em conta proposta apresentada pela Secretaria de Estado de Cultura (Secult), aprovada no dia 6 de abril pelo Conselho Estadual de Cultura. Apesar do órgão já ter decidido pelo tombamento, a medida precisava do aval do governador para ter validade, como prevê a legislação estadual. 

O painel do artista João Batista, feito no altar da igreja nos anos 1980, quando o pároco era padre Ladislau João da Silva. A obra de arte gerou polêmica por apresentar a crucificação de Jesus Cristo em meio a mazelas sociais. Chegou a ser anunciado um abaixo-assinado contra o tombamento, o que não impediu que ele acontecesse. 

Com informações CidadeVerde
1 comentário
  1. Conceição/m diz

    Quero saber como vão conseguir manter um painel numa igreja que a qualquer momento pode cai porque o estado que hoje grita que é patrimônio do estado nunca fez uma reforma na igreja.

    Este painel foi feito no momento de luta dos latifundiários e os coronéis da época hoje já todos mortos pela a natureza qual o sentido de conservar a vergonha que este painel representa só mudou os problemas a cidade continua sem saneamento básico os bandidos estão matando os próprio pais hoje às pessoas não têm liberdade de ir e vir por falta de segurança.

    Quando vocês tiver aí debatendo e torrando o dinheiro público pra tomar o patrimônio do povo , porque a igreja é do povo ponha na pauta o mínimo de segurança possível .

    Na minha humilde opinião na época este quadro foi feito para despertar o povo da época do baixo estima , da falta de oportunidades só que parece que as pessoas que tentaram libertar a cidade ou o povo a agora está usando um painel para manter de certa forma o poder sobre o povo e a cidade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.