ARTIGO: “Retiro” agora é órfão

Texto do professor Macelino Keliton em homenagem a Domingas Santana, que é uma das principais idealizadora da Moeda RETIRO.

Por Macelino Keliton / Espaço Geográfico

Domingas Santana

“Retiro” agora faz parte dos quase 4 milhões de brasileiros órfãos, seja de papai ou de mamãe.

“Retiro” se torna órfão de mamãe. Papai nunca teve mesmo, pois papai é quem cria.

Desde a gestação até ontem 11 de Agosto – 100 dias de vida – o “Retiro” teve apenas mamãe em sua vida. Apenas a mamãe o criou.

Foi ela que planejou sua vinda ao mundo. Muita luta foi empregada nesta gestação.

No caso de “Retiro”, a doença que o deixou assim foi outra tão maligna como dolorida.

A vida será difícil para “Retiro” sem sua mamãe por perto. O caminho será percorrido, no entanto, sem a figura materna para dar o toque feminino tudo ficará mais cético, inseguro, melancólico.

A luta de mamãe para não deixar o filho “Retiro” foi grande. Batalhas e mais batalhas foram pregadas. Nunca baixou a cabeça. Sempre mostrou a todos que era necessário lutar e lutar com alegria e esperança.

Foi um exemplo, foi e sempre será uma esperança para quem a conhecia.

Todo o Retiro da Boa Esperança hoje se orgulha dessa mulher por nos ter deixado um legado como lutadora contra as doenças contemporâneas, como política e por ter sido MAMÃE de “Retiro”.

O que Esperantina resta fazer é criar com todo amor e carinho o órfão “Retiro” como esta mamãe fez em vida.

“Este meu filho é uma estratégia para o desenvolvimento de Esperantina”, falou um dia mamãe de seu filho.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.