Auto-escola de Esperantina é denunciada por não cumprir contrato verbal

0

Uma auto-escola importante de Esperantina foi denunciada ao MPE (Ministério Público Estadual) por suposta má prestação do serviço. A reclamante Maria de Jesus Lustosa Carvalho ingressou com Ação de Rescisão Contratual, Pedido de Restituição de Valores Pagos e Indenização Por Danos Morais. A denúncia foi recebida em 17 de setembro de 2014.

Maria de Jesus alega que realizou contrato verbal com a Auto Escola M.B Carvalho, para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação, entretanto, a auto-escola não forneceu as aulas contratadas, bem como não permitiu que a mesma realizasse as provas práticas.

Tendo em vista a aproximação da semana de conciliação, instituída pelo CNJ que ocorrerá do dia 27 de novembro a 01 de dezembro de 2017, o juiz Ermano Chaves Portela Martins designou audiência de conciliação entre as partes para o dia 28/11/2017 às 09h30min, na sala de audiências do Fórum Desembargador Walter Carvalho Miranda.

Fonte: Folha de Batalha

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.