Cinco motivos para não deixar de ir ao Festival de Pedro II este ano

0
Frejat é uma das atrações do Festival de Inverno
Frejat é uma das atrações do Festival de Inverno

O município piauiense de Pedro II se prepara para receber cerca de 30 mil visitantes entre os dias 04 e 07 de junho, com a 12 ª edição do Festival de Inverno. O evento é um misto de música, arte, artesanato e ecoturismo, já marcado no calendário nacional de cultura. Mesmo com 12 anos e edições bem diferentes umas das outras, o Festival mantém um público fiel, que parece crescer a cada ano. Listamos cinco motivos para não perder o Festival de Inverno 2015.

Enfim, Ana Carolina

Após 12 anos de espera, os fãs de Ana Carolina comemoram a participação da musa da MPB no Festival de Pedro II. Todos os anos a cantora aparecia entre os nomes mais esperados para o evento, que já trouxe Milton Nascimento, Maria Gadú, Nando Reis, entre outras celebridades. Dessa vez, Ana Carolina é uma das estrelas confirmadas para agitar a festa em Pedro II, prometendo arrastar uma verdadeira multidão para a cidade logo na quinta-feira (04), primeiro dia de Festival.

Shows gratuitos

Não tem pista ou camarote, quem for ao Festival de Inverno de Pedro II vai aproveitar todos os shows gratuitamente, em praça pública. O palco Gritador, montado na Domingos Mourão, terá programação variada com artistas regionais e locais, como Isaque do Acordeon, Kolla Komigo e Aclive. E pelo palco principal, o Opala, passam nomes como Frejat e Jorge Ben.

Vai até mais tarde

A temperatura começa a cair de verdade em Pedro II na madrugada, mas o frio é aquecido pelo “Cruviana Pop”, aquela esticada na festa. Após os shows principais, depois de 1h da manhã, o público não precisa ir embora, a organização do Festival de Inverno de Pedro II preparou um momento especial para quem quer ficar mais um pouco e se aquecer no ritmo de bandas como Top Gun, Cojobas e Groovetown (de Fortaleza).

Opala de todos os tipos

Pedro II é a Terra da Opala. A pedra preciosa é encontrada em abundância no município, que tem a única reserva de gemas nobres de opala no Brasil, a segunda maior do mundo. A extração dela movimenta boa parte da economia local. Em épocas festivas, especialmente durante o Festival de Inverno, grandes feiras de artesanato são montadas para comercializar as mais diversas joias artesanais com a pedra. Quanto mais coloridas, mais valiosas.

Cachoeira com rapel

As belezas naturais da cidade são atração à parte. Trilhas, mirante, museu e até cachoeiras compõem o leque de opções para passeios durante o dia. A cachoeira do Salto Liso é uma das mais visitadas, especialmente pelos amantes dos esportes radicais. Lá é possível se aventurar em descidas de rapel, mergulhar nas águas frias ou simplesmente admirar a queda d’água no paredão de pedras. Larissa Andrade Ícone Comunicação (86) 9482-6848 / 9842-3938

Fonte: Ascom

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.