Ciro, Heráclito e Paes Landim são citados em delação; veja apelidos

politicosO ex-vice-presidente de relações institucionais da Odebrecht, Cláudio Melo Filho, citou mais de 20 políticos em sua delação premiada, segundo informações do site BuzzFeed e Folha de São Paulo. Além de Michel Temer, Renan Calheiros Rodrigo Maia, os piauienses Ciro Nogueira (PP) e Heráclito Fortes (PSB) e Paes Landim (PTB) também foram citados. De acordo com as informações da imprensa nacional, cada um dos beneficiados no esquema de propina recebia apelidos. 

Cláudio Melo teria informado que o senador e presidente nacional do PP Ciro Nogueira era apontado como “Cerrado”, “Pequi” ou “Helicóptero”. Já os deputados federais Heráclito Fortes e Paes Landim recebiam os codinomes de “Boca Mole” e “Decrépito”, respectivamente. Cláudio Melo teria garantido que Ciro recebeu R$ 1,6 milhão, Heráclito ficou com R$ 200 mil e Paes Landim com R$ 100 mil.

A Odebrecht assinou o acordo de delação premiada, feito com os procuradores da Lava Jato, no dia 1º de dezembro. Ao todo, 77 executivos do grupo serão interrogados.

Os dados repassados até agora integram os anexos da pré-delação e precisam ser ratificados em depoimentos. Para que as delações sejam homologadas pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki, os executivos precisam prestar depoimentos detalhando o que apresentaram de forma resumida na negociação, nos chamados anexos. Também terão que apresentar provas.

Fonte: Portal O DIA

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.