Classificação de ‘bebê’ em concurso para professor causa polêmica no Piauí

0

bebeA classificação de um bebê, com menos de um mês de idade, em um concurso, está dando o que falar no município de Castelo do Piauí. Tudo aconteceu porque um participante teria preenchido sua inscrição com a data de nascimento errada e CPF com zeros, que despertou desconfiança nos demais participantes.

Promovida pela Prefeitura de Castelo do Piauí, tinha a finalidade de preencher 95 vagas efetivas em empregos que exigem ensino superior, médio e fundamental. A abertura inscrições foi em 02/02/2015 e encerrou em 24/02/2015. A prova foi realizada em 15/03/2015, os gabaritos divulgados em 17/03/2015 e os salários eram de até R$ 1.897,10.

Um dos concorrentes foi Rodrigo Bruno, ele que percebeu o erro no resultado que saiu na última semana e fez a denúncia no Facebook. “Pela primeira vez podemos observar um recém-nascido classificado no concurso em Castelo do Piauí, E o que mais nos impressiona é que essa pessoa ainda não tinha nem nascido no dia da prova. Deixo aqui meus parabéns à empresa que foi a aplicadora do concurso e me mostro ainda mais indignado com a mesma pois pensando que nós que nos esforçamos tanto para que no dia 15/03/2015 fossemos fazer uma prova na esperança de que nos tornaríamos concursados, mais o que podemos ver é apenas que isso não foi nada mais nada menos que uma farsa, e alguns classificados são de escolha da empresa”, disse ele na postagem.

cats.jpg

PREFEITURA ESCLARECE

A Prefeitura de Castelo do Piauí e esclareceram que a administração não tem nada a ver com o erro. Segundo a secretaria de comunicação da cidade, a empresa foi escolhida após passar por processo de licitação e que também quer que os erros sejam esclarecidos para que haja transparência no processo.

EMPRESA SE PRONUNCIA

Veja a nota de esclarecimento enviada pela empresa organizadora do concurso:

Tendo em vista matéria publicada neste Portal de Notícia, sobre a classificação do candidato FRANCISCO DAS CHAGAS DA PAZ SOARES – INSCRIÇÃO 9992, para o cargo de Professor Classe A (1º ao 5º ANO), no Concurso Público da Prefeitura Municipal de Castelo do Piauí, realizado no dia 15/03/2015, na qual enfatiza o fato de o mesmo ser um recém-nascido, considerando a data de seu nascimento que aparece como 08/04/2015, gostaríamos de aproveitar a oportunidade para fazer alguns esclarecimentos:

1º – A inscrição do candidato é feita on-line, ou seja, via internet, sendo o seu cadastro de sua responsabilidade, conforme o item 3.3 e subitens 3.3.1 a 3.3.8. Qualquer ERRO ou informações do mesmo (candidato) será submetido à legislação vigente. No caso em apreço, a data de nascimento não é condição sine qua non para homologação de sua inscrição. Portanto, NÃO foi erro da instituição, já que todo o certame é feito através de programa próprio, que além de realizar as inscrições (on-line), gera a distribuição dos candidatos por sala, corrige os gabaritos e efetua o desempate.

2º – O Concurso Público de Castelo do Piauí, além de cumprir com todos os trâmites legais, respeita também a transparência, moralidade, impessoalidade, publicidade e paridade prevista na Constituição Federal e na Lei. Em nenhum momento teve seu Edital contestado, seja por candidatos ou pela justiça.

3º – Desde a publicação do Edital, inscrição, homologação, aplicação da prova objetiva, publicação do gabarito preliminar, recurso ao gabarito, resposta e publicação do gabarito definitivo, divulgação do resultado da preliminar, tudo foi feito dentro do programado e respeitando o direito do contraditório.

4º – O Concurso Público, além de ser uma exigência da Lei para o ingresso no serviço público, seja na esfera Federal, Estadual e/ou Municipal, é, antes de tudo, o instrumento mais justo para seleção de pessoal, obviamente, isso não agrada à maioria, já que as vagas são poucas, no entanto, se observarmos com atenção a relação de classificados na prova objetiva e aptos a concorrer à 2ª Etapa (Prova de Análise Curricular), percebemos que no caso em apreço sobraram muitas vagas, o que mais uma vez comprova a seriedade e a determinação de fazer uma seleção com base na meritocracia.

5º – Finalmente gostaríamos de ressaltar o compromisso da nossa empresa, que atua há mais de 6 (seis) anos na área de Concurso Público, Teste Seletivo e Capacitação de Pessoal, incluindo, além de Castelo do Piauí, os municípios circunvizinhos de (Juazeiro do Piauí, Buriti dos Montes, Cocal de Telha, Capitão de Campos, Milton Brandão, Batalha e Miguel Alves). Com mais de 40 (quarenta) certames realizados, totalizando aproximadamente 70.000 (setenta) mil candidatos inscritos, sem que houvesse qualquer contestação que desabone sua conduta, continuamos firmes, na certeza do dever cumprido.

Teresina (PI), 20 de abril de 2015
ISMAEL GABRIEL PEREIRA
Diretor Geral – IGE

Com informações do 180graus

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.