Delegados do Piauí decidem paralisar suas atividades a partir do dia 25 de maio

0
Delegada Andrea Magalhães
Delegada Andrea Magalhães

O Sindicato dos Delegados da Polícia Civil do Piauí (Sindepol) anunciou neste sábado (16) que a categoria vai paralisar suas atividades em todo o estado a partir do dia 25 de maio. A decisão foi tomada em assembleia realizada na noite de sexta-feira (15) e aprovada por unanimidade. A greve será por tempo indeterminado.

De acordo com comunicado divulgado pelo Sindepol, a paralisação atingirá as delegacias de Teresina e do interior, além da Central de Flagrantes da capital. Será a primeira vez na história que os delegados cruzarão os braços no Piauí.

Ainda segundo o comunicado divulgado pelo Sindepol, os delegados reivindicam o cumprimento da parcela do reajuste nos moldes fixados em lei e denunciam a ausência de promoções da categoria – a categoria alega que elas não acontecem há dois anos.

Problemas como acumulações sem base legal, sucateamento da Polícia Judiciária, falta de efetivo para atender dignamente a população e falta de modernização da Polícia Civil também foram argumentos usados para justificar a paralisação.

Antes de decidir pela greve, o Sindepol garante que tentou negociar com o Governo do Estado, mas que não conseguiu um acordo. Segundo a categoria, a crise reflete a falta de atenção com a segurança pública por parte da administração estadual.

No comunicado divulgado na manhã deste sábado, o Sindepol lamenta, pede compreensão de toda a sociedade piauiense e admite anseio de que o Governo do Estado busque um entendimento com a categoria.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.