I FEIRA DO BABAÇU deixa saldo positivo em São João do Arraial

0
Prefeita Vilma Lima

A I FEIRA DO BABAÇU realizada em São João nos dias 11 e 12 de dezembro, encerrou na noite da última terça (12), e já deixa saudade. “Que venham venha as próximas edições”, comenta a prefeita Vilma Lima (PT) em uma de suas falas. Foram dos dias de intensa movimentação com palestras, apresentações culturais e folclóricas, exposições, feira, comercialização de produtos do babaçu e negócios, unindo a inclusão social e a geração de trabalho e renda à preservação ambiental.

O movimento da feira superou todas as expectativas de público imaginados pela organização, segundos dados da Policia Militar, o público que visitou a feira superou a casa dos 10 mil visitantes, equiparando-se em alguns momentos do tradicional Festival Cultural dos Cocais, também realizada pela Prefeitura Municipal.

A organização da feira conseguiu reunir nada menos que grupos produtivos de 11 dos 13 municípios da região, todas com diversos produtos para exposição e comercialização junto aos visitantes no decorrer do evento. Produtos como Bio-Jóias, peças de artesanato, azeite, mesocarpo, biscoitos e alimentos diversos puderam ser vistos e comprados diretamente dos feirantes nos dois dias de feira.

A programação da I Feira do Babaçu também incluiu uma série de palestras sobre preservação dos babaçuais, manejo e comercialização do babaçu de seus derivados, ministrados por técnicos renomados como Sandro Gusmão do CEAA e PROGERE/SDR, João Silvestre da Escola Família Agrícola dos Cocais e Ricardo Miranda da CONAB. As palestras também contaram com os depoimentos do Grupo Cultural “As Enceradeiras”, um grupo de mulheres engajadas em organizações sociais de quebradeiras de coco babaçu, cujo movimento atua nos Estados do Piauí, Maranhão, Tocantins e Pará.

A I Feira do Babaçu foi idealizada e organizada pela Prefeitura de São João do Arraial e pelo Movimento Interestadual das Quebradeiras de Babaçu (MIQCB) com parcerias de entidades como o Centro Cocais, ASCOCAIS, EFA COCAIS e STTR de São João Arraial, apoiados pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Rural (SDR).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.