Juízes são promovidos e removidos de comarcas do Piauí, inclusive de Esperantina

Juiz Ulysses Gonçalves

O pleno do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI) apreciou, em sessão administrativa extraordinária realizada na segunda-feira (17), processos de remoção e promoção de magistrados, conforme editais publicados no mês de setembro de 2016.

Ao final da votação, foram removidos por antiguidade: José Osvaldo de Sousa, do Juizado Especial Cível e Criminal (JECC) de Floriano para o JECC de Oeiras; Muccio Miguel Meira, da Vara Única de Luzilândia para a 1ª Vara de Campo Maior; Luís Henrique Moreira Rego, da 1ª Vara de Oeiras para o cargo de juiz auxiliar criminal da comarca de Teresina; Élvio Íbsen Coutinho, da Vara Única de Avelino Lopes para a Vara Única de Bom Jesus; e Thiago Aleluia Ferreira de Oliveira, da Vara Única de Bertolínia para a Vara Única de Manoel Emídio.

Também foram removidos, mas por merecimento, os juízes Antônio Lopes, atual titular da 2ª Vara da Infância e Juventude, para a 10ª Vara Criminal de Teresina, e Ulysses Gonçalves da Silva Neto, de Esperantina para a Vara Única de Porto.

Já para promoções por merecimento foram mais votados: Lisabete Maria Marchetti, da Vara Única de Água Branca para a 1ª Vara de Piripiri; Ana Lúcia Terto Medeiros, da Vara Única de Alto Longá para o cargo de juíza auxiliar criminal da comarca de Teresina; e Clayton Rodrigues de Moura Silva, da Vara Única de Santa Cruz do Piauí para a Vara Única de Simões.

O magistrado João Bandeira Monte Júnior, da comarca de Piracuruca, também foi promovido ao cargo de juiz auxiliar criminal da Capital, pelo critério da antiguidade. A juíza Mariana Marinho Machado também foi promovida por antiguidade, da Vara Única de Pimenteiras para a Vara Única de Itainópolis.

Com informações do CidadeVerde

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.