Marcelo Castro diz que PMDB não tem candidato forte no Piauí

O presidente estadual do PMDB, deputado Marcelo Castro, afirma que o partido não tem um candidato com condições de disputar o governo do Estado em 2018. Com a declaração, o líder peemedebista mostra que a legenda não concede o menor crédito ao desejo do ex-ministro João Henrique Sousa (PMDB) de ser candidato no próximo ano.

Para o PMDB, as caravanas que o ex-ministro tem feito no interior do Piauí não resultarão em nada. “Todo partido quer ter um candidato. Quem não quer? O problema é a viabilidade. O PMDB não é um partido de estudantes para se lançar em uma aventura. É um partido de homens maduros”, declarou.

Marcelo diz desconhecer o interesse de lideranças do PMDB de que o partido tenha candidato próprio em 2018. “Quem garante isso? Como se prova? A decisão do PMDB já está tomada. O que eu tenho escutado é o interesse de se manter com o governador. Como nós vamos justificar uma saída da base nessa altura do campeonato?”, questionou.

O ex-ministro João Henrique tem andado o interior do Estado e garante que as bases estão insatisfeitas com o governador Wellington Dias. Para Marcelo, essa insatisfação se deve porque o partido entrou tarde demais na base e não participou da divisão de espaços no governo.

“Se eu entrei por último não tenho o mesmo direito de quem estava desde o começo. O governador não vai retirar quem já estava para dar o espaço a alguém do PMDB. É preciso entender isso. Faz parte da político e temos que entender essas regras”, comentou.

Fonte: Política Dinâmica

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.