Ministério Público de Joaquim Pires abre inquérito para apurar obra de saneamento

Foto: Reprodução

Publicado em 31 de março de 2017 no Diário da Justiça do Estado do Piauí, a abertura de Inquérito Civil Público, para investigar possíveis irregularidades na obra de construção da rede de esgotamento sanitário da cidade de Joaquim Pires.

Segundo denúncia que chegou ao Ministério Público, a construção de uma estação de tratamento nas margens da Lagoa do Cajueiro, poderia fazer com que em período de enchente os dejetos fossem jogados dentro da Lagoa.

A Lagoa do Cajueiro já vem sofrendo a muito tempo um processo de degradação muito grande, devida a várias construções em suas margens, inclusive construção de restaurantes dentro da chamada ilha do cajueiro, e que neste período chuvoso fica totalmente alagada e as fossas construídas ficam todas dentro dàgua e consequentemente poluindo ainda mais a Lagoa que uma das sete maravilhas do Piauí. 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.