Painel “Calvário de Cristo Hoje” pode ser retirado da Igreja de Esperantina

4

painelA algum tempo foi cogitado pelo o pároco da paróquia de Nossa Senhora da Boa Esperança, padre Evandro Alves da Silva a retirada do Painel da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Boa Esperança o “Calvário de Cristo Hoje”, obra do artista Piauiense João Batista Bezerra Cruz, natural da cidade de Pedro II.

Padre Evandro
Padre Evandro

Recentemente o Padre Evandro comentou em uma santa missa que a Igreja irá passar por uma reforma antes do tombamento pelo o IPHAN (Instituto Patrimônio Histórico Artístico Nacional) que já está a algum tempo em tramitação, até ai tudo bem da reforma, mas a reforma inclui a retirada do painel o que tem desagradado muita gente.

A pintura representa a opção católica pelos pobres, a teologia da libertação. Tempos do padre Ladislau, que parece não agradar ao padre Evandro Alves da Silva.

O painel pintado na Igreja não é somente uma “peça” de arte sacra, com seu  valor cultural artístico e religioso colossal, é mais do que isto, não que isto seja pouco, ele representa parte da história social, política e religiosado povo esperantinense nos anos 80. História essa construída pelas Comunidades Eclesiais de Bases (CEBs), pelos trabalhadores rurais organizados em sindicato, pelas mulheres organizadas quebradeira de coco babaçu, pelos jovens e crianças. Representa também um contexto político de forte antagonismo econômico e social brasileiro, na dimensão daquele município. Essa história não pode ser negada, esquecida, apagada, espoliada ela é patrimônio imaterial da população esperantinense, é parte intrínseca de sua história social e religioso. Somente pessoas que desprezamo valor cientifico, cultural e artístico da história poderiam cometer tamanha atrocidade contra a história de um povo. Mas acreditem, o Brasil e o mundo estão cheios dessas pessoas.Daí o dever cívico de cada cidadão, zelar por sua história.

O deputado Heráclito Fortes (PSB-PI) solicitou em 2015 ao então bispo Alfredo Schaffler que convencesse o padre a manter o mural histórico: “A obra é talvez a primeira manifestação concreta através da arte do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST). É também muito visitada pelos turistas. Essa obra de Esperantina é de um valor histórico incalculável.”

Heráclito pediu ao Instituto Patrimônio Histórico Artístico Nacional (Iphan) que conheça a obra e a proteja. O papa Francisco aplaudiria o protesto do deputado, que não tem raízes nos movimentos sociais e nem atua a favor das causas do MST, mas é reconhecido apreciador de pinturas.

4 Comentários
  1. Mateus diz

    “A pintura representa a opção católica pelos pobres, a teologia da libertação.”

    Mais um motivo para a retirada de tal painel, pois a Teologia da Libertação é condenável.

    O que é a Teologia da Libertação?: http://blog.cancaonova.com/felipeaquino/2012/02/15/o-que-e-a-teologia-da-libertacao/

    “Eu vos explico a Teologia da Libertação”: http://www.veritatis.com.br/doutrina/doutrina-social/eu-vos-explico-a-teologia-da-libertacao/

    Debate Leonardo Boff x Dom Estêvão Bettencourt (Ano 1996): http://blog.cancaonova.com/felipeaquino/2007/09/14/debate-leonardo-boff-x-dom-estevao-bettencourt-ano-1996/

    O Que é a Teologia da Libertação? Escola da Fé Com Padre Paulo Ricardo: https://www.youtube.com/watch?v=Dczq7nzLDdg

    Joseph Ratiznger e a Teologia da Libertação – por Padre Paulo Ricardo: http://www.pr.gonet.biz/index-read.php?num=718

    Assistam essa aula sobre essa teologia, mesmo que não entendam de primeira, mas assistam várias vezes: https://padrepauloricardo.org/aulas/teologia-da-libertacao-e-o-pobre-como-lugar-teologico

    Então, depois de tudo isso, esse painel deve sair ou não?

  2. Carlos diz

    Bom dia Mateus,

    Quem condenou a teologia da libertação? Sou formado em teologia, por isso tenho a obrigação de pedir para estudares um pouco mais. Depois você vem e posta esse vídeo do Pe. Paulo Ricardo. Acredito que nem sabes quem é esse Padre? A Teologia da Libertação(TdL) foi condenada por uma ala conservadora da Igreja Católica. E isso o fizeram por ignorância e desconhecimento da realidade do continente Latino-Americano. O Papa Francisco, por exemplo, reconheceu e retoma alguns pressupostos desta Teologia. Além disso, esse pe. de Esperantina é carismático. É claro que ele vai querer colocar um pomba do Espírito Santo aí no lugar deste painel. As cincos conferências do CELAM reforça a opção da Igreja pelos pobres. Leia os documentos de medellín, puebla, santo domingo e Aparecida. Estes documentos são após o Vaticano II. Precisamos de pensamento crítico e autorreflexivo. Penso que ele poderia cuida um pouco mais da vida pessoal e psicológica dele. O Povo teria mais a ganhar.

    http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2015/05/1634840-sob-papa-francisco-vaticano-reata-com-teologia-da-libertacao.shtml

    Grande abraço,

    1. Matheus diz

      Opção pelos mais pobres não é TL.

      TL infelizmente se tornou uma mistura de catolicismo e marxismo (doutrina essa condenada pela Igreja Católica desde o Beato Pio IX até o atual papa).

      Leia essa matéria: http://www.acidigital.com/noticias/o-papa-francisco-e-oposto-a-teologia-da-libertacao-recorda-magister-33487/

      P.S.: Não quero entrar num debate, só expus minha opinião baseada nos pensamentos de alguns padres sobre esse assunto. E creio que no lugar do painel será colocado um altar nos moldes pré Vaticano II, como era antigamente.

      1. Carlos diz

        Acredito que tu já tens os teus PRECONCEITOS. Penso que não irá adiantar de nada argumentar contra esses teus comentários. Só pra deixar claro: FRANCISCO NUNCA CONDENOU OU IRÁ CONDENAR A TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO. Seria ir contra aquilo que ele viveu na Argentina. Procura em algum documento inscrito por ele ou em alguma entrevista. Se encontrares, te pago o tempo gasto na procura. Além disso, iria contra a postura e o pedido dele: que as pessoas saiam de seus templos e mundinhos. Pra você a TdL só de resume em marxismo e catolicismo? Que visão pobre e desinformada.

        Paz e luz para você!

        Carlos

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.