Piauiense assessor de ministro sofre infarto e morre em SP

0

Milton Martins Vasconcelos Filho
Milton Martins Vasconcelos Filho

O piauiense e chefe do cerimonial do ministro da Saúde Alexandre Padilha, Milton Martins Vasconcelos Filho, 35 anos, faleceu por volta das 18h30 (horário local) deste sábado (17) em Campinas (SP), vítima de um infarto fulminante. Ele acompanhava o ministro em uma cerimônia em um hospital da cidade quando o fato aconteceu.

 

A previsão é que o corpo de Miltinho, como era conhecido, chegou ao Piauí na madrugada deste domingo (18) e esta sendo velado em Teresina na Pax União. Em seguida, ele será levado para Batalha, sua cidade Natal, onde deve ser enterrado.

 

Segundo a atual chefe do Cerimonial do Palácio de Karnak e amiga de Miltinho, Mara Beatriz Raulino, o assessor veio ao Piauí com o ministro até Parnaíba ontem e neste sábado cumpriu agenda em Fortaleza. “Ele se sentiu mal no avião, durante o voo e chegou a ir à solenidade, mas desmaiou. Foi socorrido pelo ministro e atendido por médicos, mas não resistiu”, conta ao CidadeVerde.com

 

O ministro da Saúde Alexandre Padilha visitava Campinas para inaugurar o Centro de Atenção Psicossocial (Caps) no bairro Jardim Eleonor. De acordo com portais de Campinas, Miltinho acompanhou a passagem do ministro e, quando se dirigia para o carro que os levaria embora, sofreu um infarto fulminante e morreu no local.

 

“Uma ambulância do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) realizou o atendimento de Milton e  durante aproximadamente 15 minutos os paramédicos tentaram reanimar o assessor que não respondia à massagem cardíaca. Milton foi levado para o hospital Mário Gatti onde será lavrado o atestado de óbito que consta como causa da morte parada cardiorrespiratória”, diz o portal rac.

 

Mara Beatriz acrescenta que, neste momento, os familiares de Miltinho, que moram em Batalha, estão sendo comunicados e ainda não há posição sobre o translado do corpo para o Piauí.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.