Prefeita reúne com órgãos do estado e trata da realização do III Festival do Peixe

0

A prefeita Vilma Amorim, a secretaria de desenvolvimento agrário Inez Monção estiveram reunidas terça-feira (13), na Secretaria Estadual de Desenvolvimento Agrário em Teresina, com representantes de vários órgãos do governo do estado e do sistema S, tratando de parcerias para realização do festival do peixe.

A reunião aconteceu na sala das reuniões da SDR, a convite do secretário, deputado Limma, que é parceiro do festival do peixe da cidade de Esperantina.

Durante a a reunião a prefeita Vilma Amorim, fez uma explanação da importância do festival do peixe para Esperantina e para região dos cocais.

“O festival do peixe não é apenas uma festa popular, mas ele reúne tecnologia,receita para cidade, abre mercado para os nossos piscicultores e atrai um grande número de turistas que somente no ano passado passaram pela cidade cerca de 25 mil pessoas, o festival já está no calendário nacional do Ministério da Turismo e já é um evento consolidado na região”. Falou a prefeita Vilma Amorim.

O Secretário Francisco Limma, falou da expectativa vivida pela comunidade esperantinense e também pelos piscicultores não somente de Esperantina, mas de toda região, pois o festival tem gerado divisas e novas tecnologias para o setor da piscicultura na região.

Dentre os órgãos que se fizeram a Codesvaf, Senai, Corpo de bombeiros, Secretaria de Segurança, Comunicação, câmara setorial, Sebrae, secult e banco do Nordeste.

A prefeita Vilma Amorim falou da importância da reunião com os vários órgãos.

“Esta reunião foi muito importante, quero agradecer ao deputado Limma, por conceder este momento para Esperantina, onde vários órgãos do governo presentes, o festival tem um dimensão muito grande para todo território, e os órgãos aqui presentes se comprometeram com a piscicultura do território e a sdr tem uma responsabilidade a nível de estado de desenvolver cada vez a piscicultura e ouvimos isto do secretario a garantia, e todas as instituições também fecharam os compromissos para alem do festival, visando o desenvolvimento da piscicultura no nosso território dos cocais”. Disse a gestora.

O representante do Sebrae Ismael falou que o evento do peixe de Esperantina é um evento de nível nacional.

“Nós já apoiamos o evento desde de 2015, na sua primeira edição, apoiar a atividade da piscicultura é apoiar criação de riquezas, transforma os recursos naturais em geração de emprego e renda, dar aos produtores uma qualidade de vida melhor e nós estamos acompanhando toda a produção até a venda, vamos realizar cursos de gastronomia a base de pescado, técnicas de vendas e outros, portanto tá um evento bacana e  quem ganha é o turistas, a sociedade de Esperantina e de todo território dos cocais,  mas também é um evento técnico que deixa um legado empreendedor que é uma missão do Sebrae”. Falou.

Ao Final da reunião os participantes saborearam, comidas a base de peixe, como lasanha, pizza e creme de peixe.

Fonte: ASCOM

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.