REFLEXÃO: Acertar é humano

0

Por Márcio Kuhne

“Você pode sofrer algumas derrotas e ainda assim não ser um derrotado.”

felicidade“ERREI mais de 9.000 cestas e perdi quase 300 jogos. Em 26 diferentes finais de partidas fui encarregado de jogar a bola do jogo, e falhei. Eu tenho uma história repleta de falhas e fracassos em minha vida. E é exatamente por isso que sou um sucesso,” afirmou Michael Jordan. Michael Jordan, o melhor jogador de basquete de todos os tempos, responsável pela quebra de praticamente todos os recordes mundiais desse esporte, não apenas aceita e supera cada falha e fracasso, como reconhece quanto eles o ajudaram em sua trajetória vitoriosa. Acertar é humano, mas errar faz parte da jogada.

Quando erramos, temos a oportunidade de aprender como não devemos fazer algo, e com isso, ficamos mais perto de conhecer a maneira certa de fazer alguma coisa. Melhor ainda, é quando percebemos que podemos também aprender com os erros dos outros. É importante lembrar que tanto erros como acertos ficaram no passado, e que é tolo viver em um mundo que ja passou, quando temos a bênção de contar com um presente tão fascinante que nos é dado todos os dias; por isso, não se prenda às experiências do passado, porque elas podem comprometer o seu futuro.

A única decisão que merece a sua atenção é aquela que você ainda tem condições de tomar, e esta decisão está no seu presente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.