“Só se Ciro não quiser mais ser senador”, diz Themístocles sobre vice

0

A declaração do senador Ciro Nogueira (PP) sobre a possibilidade do PP indicar duas vagas na chapa majoritária, que deve ser encabeçada pelo governador Wellington Dias (PT), tem repercutido dentro do PMDB. O problema é que além de Ciro concorrer à reeleição, o PP estaria de olho na vaga de vice-governador.

O cargo é hoje ocupado pela vice-governadora Margarete Coelho (PP) e os progressistas pretendem continuar com as duas vagas. Os planos do PP vão contra os interesses do PMDB, que pretende indicar o presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Themístocles Filho, para ocupar o posto de vice em 2018.

Para Themístocles, a declaração de Ciro faz parte do jogo político e não pode ser levada a sério. “A pessoa pode dizer o que quiser. Faz parte do jogo político. Só se o Ciro não quiser mais ser senador. Nunca vi uma partido indicar dois cargos na chapa majoritária”, afirmou. 

Fonte: Política Dinamica

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.